terça-feira, 16 de setembro de 2008

Diálogo Taciturno

Ei, lembra da maçã?

(...)

Como não?

É aquela que eu quase esqueci encima da carteira e que depois fiquei com dó de comê-la de tão linda e avermelhada que era.

Lembrou agora?

(...)

Pois então, de fato eu não a comi.
Agora, o porquê eu não sei.
E olha que eu cheguei a tirá-la do plástiquinho.

Foi por pouco mesmo.
Ela escapou fedendo.

Tudo bem, pode até ser um desrespeito aos que têm fome, mas e se ela for uma daquelas que envenenou a Branca de Neve?
Pior. E se for uma daquelas que a Serpente empurrou à Eva?

Não sei se estou fazendo bem em não tocá-la, sabia?
Bom, se bem que ela está com uma cara ótima.
Nossa! Já dá água na boca só de pensar.

Já imaginou em cada pedaço que amassa com doce no canto boca?
Hum! Que doce.

É...
Ela está aqui ao meu lado a fazer-me companhia (com H) e a refletir a luz que sai da lâmpada amarelada do meu quarto.

Têm vezes que parece que ela me intimida, viu?

Parece que quer uma explicação pra todas essas e aquelas palavras.
E depois dá a crer que não quer saber mais de palavra nenhuma.

Tudo bem que eu também não ando agindo lá essas coisas.
Não sei o que acontece.
Esse reflexo todo me intimida duma maneira que eu não consigo olhá-la diretamente e agir como se tudo estivesse normal.
Mas isso é coisa da minha cabeça.

Sem contar que também...

Ei, maçã?
Você ainda está aí?

Maçã?


9 comentários:

Andressa disse...

Mew!! Perfect!adoreiii...não esperava por esse final. E essa foto entaummm!?!ahuhauha...
bjnhusss
e q não demore o próximo texto.

Raquel Luanda disse...

está mesmo falando da maça?
huuuuummm

vc fará curso de fotografia comigo, com a min e com a tata?

p.s.:não se sinta culpado, ninguem come maças tranquilamente.. elas sao realmente muito traiçoeiras..
e deixam o dente sujo.

Marcella Klimuk disse...

tão lindas e tão saborosas.
meu desjejum preferido.

:)

Osório d'Andrade disse...

Salve meu jovem!
te devo partituras...
alias, muito interessante o texto.

abraço

Loiro disse...

Hum...eu não comeria :)
Pense bem. Aposto que as pessoas que passam fome não ligariam de você não comer uma maçã...mas sim daquelas pessoas que deixam comida no prato todos os dias. Pedem comida mesmo sabendo que não vão comer tudo. Gastam dinheiro sabendo que é envão(como você usa :P )...enfim...

Não carregue o peso do mundo em suas costas :)
Abraços lindo!

Marcos Loiro disse...

PS: Heuaheuahe

min disse...

hum...

aquele chá lá era de maçã né?

senti o cheirinho daqui...

Lay´ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Yana C. Aspone disse...

não coma a maçã, querido. se vc comer, vc vai pensar que não deveria ter comido, porque dela vai sobrar só o talinho, e o talinho não é nada fotogênico!

aliás, belo blog, vamos pra Kreuzberg?? Ouvi dizer que tem um curso animal de bio plana por lá!
hahahah